QUANDO O SOCORRO VM DOS ANJOS DE BLUE JEANS
Menu>Espiritualidade>QUANDO O SOCORRO VÊM DOS ANJOS DE BLUE JEANS

QUANDO O SOCORRO VÊM DOS ANJOS DE BLUE JEANS

 

 

 

      O SOCORRO VEIO DE ANJOS DE BLUE JEANS

 

 

          Qual a nossa conexão com o mundo espiritual? Seria possível que anjos tomassem forma humana para fazer um socorro? Poderiam ser confundido com humanos?

 

 

           Este é um fato verídico. Aconteceu com uma família simples, os quais pediram para não revelar seus nomes.  Considero um dos relatos mais lindos que eu conheço!

 

 

 

 

 

a

 

 

           Quantas vezes na vida precisamos de um milagre. Mas, o que pensamos sobre isso: - "milagres não existem"; "a distância que Deus está não poderá me ouvir"; ou, até mesmo pensamos, "Deus não existe, e se existir não se importa comigo".

 

           Qual seria o tamanho do nosso milagre? Pequeno, grandioso ou insignificante? Tenho de me virar sozinho? Qual é a barreira entre o espiritual e o físico? São muitas as perguntas.  Porém,  talvez não exista barreira. O muro, fomos nós que erguemos com os tijolos da incerteza.

 

 

a

 

 

UMA HISTÓRIA REAL

 

 

            A história desta família era para ser algo simples: passar um final de semana na praia -  pai mãe e um menino de três anos, cujas dificuldades eram o pouco poder aquisitivo e um Fusquinha velho, com os quatro pneus carecas.

 

            A família organizou-se dentro de suas poucas possibilidades e foram. Passaram o melhor final de semana de suas vidas, não importando se tinham que dormir em uma barraquinha Iglu, fazer o alimento em um fogareiro, ou comer sentado no chão. O que importava é que eles estavam felizes com sua condição, e estavam realizando o sonho de viajar duzentos km até a praia.

 

 

a

 

 

           Mas, no retorno, à medida que iam se distanciando, os pneus do fusquinha foram estourando até que restou apenas um pneu inteiro. No acostamento de uma estrada de chão, esperaram  durante quatro horas por socorro, mas não passava ninguém  para socorrê-los.

 

 

a

 

 

          A família então se conformou com a ideia de que teria que passar a noite na estrada.  O menino começava a chorar de fome e o pai começou a sentir temor, pois a estrada era muito escura. - "Mas tudo bem", ele pensou, ficarei acordado cuidando de minha família e amanhã buscarei socorro.

 

 

a

 

 

           Passado algum tempo, a esposa nota que um carro de luxo vai estacionando vagarosamente atrás do Fusquinha. E, três jovens descem do carro, dois homens e uma moça. Se aproximaram do fusca , já com alimentos para o menino. Enquanto isso, um deles fazia a avaliação dos pneus.

 

 

a

 

 

           O marido estava totalmente atônito com o que estava acontecendo. Um dos jovens relatou que teriam que conseguir quatro pneus com rodas para fazer o socorro. Um dos rapazes e a moça foram buscar os pneus, enquanto o outro rapaz ficou junto no fusca, cuidando da família.

 

a

 

           Em meia hora estavam de volta com pneus e rodas. O pai, meio perplexo não conseguia entender onde conseguiram com tanta facilidade pneus novos e ainda com rodas. Imediatamente os jovens trocaram os pneus e avisaram que levariam os pneus velhos com eles, pois não cabia no Fusquinha.

 

 

a

 

 

            O pai muito agradecido, disse que devolveria os pneus já na segunda à tarde. Pediu então o endereço e ponto de referência para a devolução. O pai anotou tudo com a maior atenção para não esquecer nenhum detalhe. Os jovens falaram que seria fácil encontrar, pois ficava ao lado de uma fábrica de Jeans, com o nome de BLUE JEANS, inclusive os três jovens vestiam jeans, conforme relato da esposa.

 

 

a

 

 

          Na segunda feira o pai pede a um amigo que possuia uma camioneta para levá-lo até o endereço fornecido pelos jovens, o qual, ficava a setenta quilômetros. Colocou então os pneus em cima da camioneta e seguiram o percurso. Chegando lá procuraram exaustivamente pela rua e pela fábrica,  mas nada encontraram. O pai decidido foi até a prefeitura e pediu pelo endereço. Os agentes relataram que não existia aquele endereço. Quando indagados sobre a fábrica, os agentes começaram a rir, afirmando que nunca houve fábrica alguma de Jeans naquela cidade.

 

 

a

 

 

          O pai então volta para casa triste, pois queria muito devolver os pneus àqueles jovens tão gentis. Ao chegar, a mulher veio correndo ao se encontro, dizendo: - Olha o que está escrito na lata do fusquinha na parte de trás! O pai então lê a frase, "UM PRESENTE DO CÉU", escrita com os dedos, em cima da poeira acumulada no fusca. 

 

 

 

 

          Qual seria o seu milagre? É extremamente grande, ou muito pequeno para ser contado?  Qual é a sua dimensão de milagre? Quantos "presentes do céu" você já recebeu e não se deu conta?

 

 

350

 

 

          O mundo espiritual é tão ou mais concreto que o mundo físico. A dificuldade está em aceitar, por que nos julgamos autosuficientes demais para admitir que precisamos da ajuda Divina. Mas independente de acreditarmos ou não, somos afetados pelo mundo espiritual a todo momento, tanto pelo bem, quanto pelo mal, dependendo apenas daquilo que emitimos ao Universo.

 

 

           Com grande carinho,

          Ester de susan

          m

CROMOTERAPIA: A SAÚDE POR UM PRISMA DE CORES;
OS SEGREDOS ESPIRITUAIS DAS ESCULTURAS DO TEMPO;

Conheça nossos info produtos.

Desenvolvido por